Gratidão é sinônimo de Benção

Quando chego em casa anoitecendo, não sei se agradeço a DEUS por mais um dia ou se reclamo da vida corrida. Quando olho para a pia com resquícios do almoço, o tanque com algumas roupas de molho, o lixo que precisa ser colocado do lado de fora, esbravejo cansaço e um sentimento de raiva me apossa: não sou de ferro! Depois que essa euforia ruim passa, percebo o quanto sou ingrata. Quantas pessoas queriam um teto para chamar de lar, um trabalho para viver com dignidade e uma família para se sentir completo... Eu tenho tudo isso! Então, gratidão por tudo, porque sem esse movimento da vida, eu não seria ninguém.

O tempo passa tão rápido que nem sentimos as semanas indo embora de vez, não sentimos os instantes das estações que trocam quatro vezes por ano e nem percebemos. Só damos conta que tudo está escapando, fugindo de nós, quando a irritação domina nosso viver e o nosso rosto pálido e cansado nos aponta: olha outro pé de galinha ali. É a minha falta de gratidão de perceber que estou tendo anos maravilhosos e de experiências, mesmo que eu me perca no tempo.

Gastamos tempo reclamando e não agradecemos o que conquistamos. Estamos esquecendo da GRATIDÃO. Estamos nos tornando pessoas ingratas ao deixarmos passar despercebidos, sem emoção alguma, a manhã que nos para viver mais um dia; de sentir o cheiro de café coado logo cedinho; do pão quentinho ou amanhecido; de ter um teto para nos abrigar do mundo lá fora, do frio, das tempestades e do calor; de ter dinheiro suficiente para comprar comida, pagar as despesas e ainda ter um extra para algum lazer.

Estamos esquecendo de agradecer o pôr-do-sol, o céu com suas estampas variadas, os prazeres que sentimos ao sermos abraçados, protegidos e amados. Estamos esquecendo de agradecer pelas oportunidades que nos são dadas, pelos sonhos realizados, pelas conquistas grandes ou pequenas. Estamos esquecendo dos sentimentos trocados, das confidências e dos desabafos, que confidenciamos aos amigos ou para os amores vividos. Estamos esquecendo da gratidão que é a saúde, a prontidão, o bem querer alguém, o bem-estar. São tantas gratidões que não percebemos...

Gratidão que passa despercebida pelo nosso cansaço, pela nossa distração com a vida, pelos sonhos não realizados, pelos projetos que não sucederam... Esquecemos de ser gratos ao caminhar, assistir as cenas cotidianas, de ter amigos, de ter família, de ter filhos... Esquecemos de agradecer porque as nuvens que nos rondam são mais sedutoras do que ter a capacidade de enxergar beleza nas mínimas atitudes e nas pequenas conquistas.

Quem não vê a vida com o coração, enxerga o mundo ao avesso. Quem não vê a simplicidade como uma das maiores conquistas, jamais entenderá o que é o amor. Quem não escuta os sons dos dias, jamais compreenderá o mundo. Quem não agradece sequer um sorriso, jamais entenderá o sentido da palavra amizade. Quem não estende os braços, jamais entenderá o poder de um abraço. Quem não usa as palavras para acalmarem e agradecerem, jamais entenderá a força que tem uma frase que acolhe. Quem não presta atenção nas miudezas dos gestos e das atitudes que compõem o mundo, jamais saberá o significado da palavra GRATIDÃO.

Gratidão pela oportunidade de sermos quem somos. Gratidão pelos colegas de trabalho, pelos vizinhos, pelos caminhos que seguimos e que ainda vamos trilhar. Gratidão por sermos únicos e pelas sortes que carregamos, pelas estrelas que brilham para nós e pelas escuridões que precisamos clarear.

Gratidão mesmo se nada está bem, se nos faltam sortes, se os sonhos e os planos não acontecem como desejamos, porque nada acontece como queremos e só entendemos isso, quando mais adiante vemos a razão de não ter dado certo. Gratidão é sinônimo de Benção, porque quem vê a vida como presente e Dom de DEUS, sabe do que estou falando.

Nos entregamos a cegueira e a insensibilidade de não sentirmos o quanto somos privilegiados a cada momento. Permitimos que as sombras, as nuvens e as friezas das ingratidões, não percebam que o tempo todo estamos sendo agraciados pelo simples fato de existirmos. Nossas vontades insistem em ganâncias e nos incapacitam de ver que a cada segundo é mais um momento de agradecer...

GRATIDÃO por tudo, desde o amanhecer até ao anoitecer, todos os dias, meu DEUS!

_ Simone Guerra

Autor do post Simone Guerra

1 comentários :