Quando ele perde o encanto

Depois de tantas decepções amorosas, concluímos que aquela pessoa que amamos, não existe. Ele era um conto de fada e precisávamos acordar. Você se sente anestesiada em um labirinto. Se sente em um sono profundo até que se desperte da desilusão. Em muitas situações, o amor enganado é menos traumático do que acordar e enfrentar a realidade que o príncipe é apenas um sapo.

Era uma vez... Uma vez que fomos enganados por alguém que nos enfeitiçou de sentimento e, depois de algum tempo, ele nos deixou, partiu com ou sem desculpas. Nosso castelo cai por terra, quando percebemos que o outro não move mais o mundo por nós.

Engolimos decepções, beijamos sapos e no fim do encanto, o que resta é abrir os olhos e tentar beijar outra pessoa mesmo que doendo. Não é usar o outro, é experimentar se há alguma possibilidade de ser feliz mais uma vez, é como recomeçar mais um castelo. Quem sabe, provar um beijo diferente pode quebrar o feitiço do ex e, se colar, melhor ainda.

Às vezes, beijamos um passado para sentir, quem sabe, aquele gostinho "tentar mais uma vez", mas podemos não sentir o mesmo gosto de antes, porque sofreu outros sentimentos através do tempo. O passado nem sempre é a melhor reconciliação. O passado é extremo; ou refaz ou destrói de vez. Descobrimos com o arrependimento que o beijo passou e, que a lembrança boa, é melhor do que aquele gosto de que não tinha como dar certo mesmo.

Bom mesmo é brincar de faz de conta e, quem ainda não experimentou, está perdendo tempo demais em ser adulto centrado, sem graça. Como é bom deitar na cama e imaginar segredos contos de fadas... Imaginar que sem convite algum, ele aparece na porta sem permissão e cheio de beijos para dar. Não precisamos de nenhum pó de pirlimpimpim, porque vontades sabem sonhar acordadas e não precisam de encantos.

Não podemos nos atormentar de amor, isto não existe! Decepções amorosas sempre acontecem para nos mostrar que não era amor de fato. Um encantamento pode ser a solução para melhorar a relação e também pode ser apenas mais uma ilusão.

Um homem gentil, educado, inteligente e  romântico, vale mais do que qualquer corpo sarado, escultural. Uma mulher doce, educada e que sabe o que quer, vale mais do que um corpo durinho com curvas perfeitas. É o contexto, o segredo dos relacionamentos. Não é a experiência, é a entrega. Não é o melhor de cada um, mas a perfeição dos dois juntos. É a simplicidade de se viver bem, a dois, é a amizade leal e nada mais.

Vamos acordar e deixar de lado as magias para nada. Não é o encantamento, é se encantar. Não é aquele passado, é o presente, mesmo que descompromissado. Esqueça o príncipe, pois o "gato", aquele que te paquera discreto, pode ser seu, sem muito miau miau e mais mmmmm. Beije até mesmo os sapos se eles te fazem feliz e invente o seu conto de fada.

Era uma vez, não! É todo dia com a realidade que o amor possa nos enfeitiçar, mais uma vez com um beijo de para sempre.

- Simone Guerra

Autor do post Simone Guerra

1 comentários :